Cresce o número de parceiros pre-instalando serviços e aplicações da Microsoft

Milton Lapido Leave a Comment

A Microsoft anunciou uma nova parceria com a Acer para trazer seus aplicativos e serviços para smartphones e tablets Android.
Com a adição da Acer, a Microsoft passa a ter 74 fabricantes em 25 países pré-instalando os serviços do Office e outros aplicativos desenvolvidos pela empresa com sede em Redmond em seus dispositivos Android.

Parcerias estratégicas

A Acer, que passará a incluir, através desse acordo, as aplicações Word, Excel, OneDrive, OneNote, Outlook, PowerPoint, e Skype em seus aparelhos Android à partir do segundo semestre de 2016 se junta à parceiros como LG, Samsung, Sony entre outros, e ajuda a Microsoft a consolidar sua estratégia de adentrar com mais força o mercado de aplicações iOS e Android.

Parceiros aumentaram de 31 para 74 em seis meses

“Na primavera passada, fizemos o acesso à aplicações e serviços da Microsoft em dispositivos móveis mais fácil para seus usuários através de acordos estratégicos com 31 empresas de OEM globais e locais e com os principais fabricantes de dispositivos originais para pré-instalar o Microsoft Office, OneDrive e Skype em tablets Android.

“Hoje eu estou feliz em anunciar que agora existem 74 parceiros de hardware em 25 países que estão disponibilizando aplicações e serviços de produtividade da Microsoft em seus tablets e smartphones Android”, disse Nick Parker, vice-presidente corporativo, Original Equipment Manufacture Division, Microsoft.

Estratégia só com Windows Phone/Surface não funciona mais

De acordo com a comScore o Android fechou o ano de 2015 com 53.3% do mercado, enquanto o Windows Phone garantiu apenas 2.9 naquele ano e por esse motivo a empresa dirigida por Satya Nadella tem feito cada vez mais para abraçar a plataforma da Google.

Recentemente o assistente pessoal digital Cortana foi portado para o Android e há rumores de um porte também para iOS. Outras ações incluem o lançamento do Microsoft Arrow Launcher, a compra da Double Labs, empresa por detrás da aplicação Echo.

Mas esse não é o fim do Windows Phone ainda, uma vez que ao mesmo tempo que investe mais fortemente em apps para as plataformas concorrente a Microsoft também tem tentado encontrar formas de convencer desenvolvedores a trazer suas aplicações para seu sistema operacional móvel através do uso de várias ferramentas como o Projeto Astoria (para Android) e o Projeto Islandwood (para iOS).

Leave a Reply